Deputado Estadual Durval Ângelo

Minas Gerais

A- | A+



Veritá e Ibope confirmam liderança de Fernando Pimentel ao Governo de Minas Gerais e Dilma também avança


O Jornal digital Brasil 247 divulgou pesquisa com as intenções de voto para a eleição para o governo de Minas: “Pesquisa feita pelo Instituto Veritá sobre a disputa pelo governo de Minas Gerais aponta vitória de Fernando Pimentel, do PT, no primeiro turno. Se as eleições fossem hoje, ele teria 50,8% dos votos válidos, contra 33,8% do tucano Pimenta da Veiga e 7,8% do socialista Tarcísio Delgado”.

Outra boa notícia da pesquisa Veritá é o encurtamento da diferença entre Aécio e Dilma em Minas Gerais: “O instituto também pesquisou a preferência do eleitorado mineiro sobre a sucessão presidencial. Se a eleição fosse hoje, o senador Aécio Neves venceria, mas a distância da presidente Dilma Rousseff entre maio e julho diminuiu consideravelmente”. “Se há dois meses o tucano tinha 39% das intenções de voto, contra 25,7% da petista (o que nos votos válidos significa 53,8% a 35,4%), uma diferença de 17 pontos, agora a diferença é de 11 pontos, dado o crescimento de Dilma. Se as eleições fossem hoje, Aécio teria 41% contra 32,5% de Dilma em Minas (51% a 40% dos votos válidos)”.(...) “Na simulação presidencial de segundo turno, a distância também é menor. Aécio registra atualmente 45,4% das intenções de voto, contra 34,7% da presidente (nos votos válidos, isso representa 56,7% contra 43,3%). Em maio, o tucano tinha 50,4%, contra 30,9% de Dilma (nos votos válidos, 62% contra 38%). A pesquisa foi realizada entre 21 e 25 de julho, com 3.077 entrevistados, e foi registrada no TSE”.

No Ibope, o resultado é mais apertado

Informa o Ibope: “Na primeira pesquisa de intenção de voto realizada pelo IBOPE Inteligência no Estado de Minas Gerais a pedido da TV Globo, após o registro das candidaturas, o candidato Fernando Pimentel (PT) aparece numericamente à frente, com 25% das intenções de voto, tecnicamente empatado com o candidato do PSDB Pimenta da Veiga, que obtém 21% das menções. Tarcisio Delgado, do PSB, tem 3% das menções, enquanto Andre Alves (PHS) é citado por 2% dos eleitores mineiros, mesmo percentual obtido por Eduardo Ferreira (PSDC). Os candidatos Cleide Donária (PCO), Fidélis (PSOL) e Professor Tulio Lopes (PCB) são citados por 1% dos entrevistados cada. Aqueles que declaram intenção de votar nulo ou branco são 13%, enquanto os indecisos, neste momento, somam 31%”.